Vitamina S: como a sujeira pode aumentar a imunidade do bebÍ?

27/8/2016        

 

 

Ambientes extremamente limpos faz com que o organismo não crie mecanismos de defesa contra as bactérias, alerta o médico 

 
 
“Deixa a criança à vontade” é o que muitos pais escutam em relação aos bebês, principalmente quando começam a engatinhar e explorar os ambientes em volta. Assim como existem os pais mais tranquilos que permitem a criança se sujar, ficar no chão e até colocar objetos na boca, por outro lado, existem os mais protetores que costumam evitar a sujeira com receio de que ela faça algum mal. 
 
A sujeira na infância não é tão vilã quanto parece, inclusive atualmente é também conhecida como a vitamina “S”, essencial para fortalecer o sistema autoimune do bebê. O neonatologista e pediatra, Dr. Jorge Huberman, explica que o individuo necessita ao longo da vida desenvolver a imunidade, pois ao nascer o bebê possui apenas a imunidade da mãe durante a gestação e inicia o próprio sistema protetor a partir dos seis meses. 
 
Excesso de higiene eleva as chances de alergias
 
Na Universidade de Michigan houve um estudo chamado “hipóteses das alergias”. Os cientistas argumentam que os hábitos modernos propiciaram ambientes extremamente limpos, logo o organismo não precisa mais lutar contra os germes como antigamente. Hoje encontramos facilmente nos supermercados e farmácias inúmeros produtos com ação antigermes e bactericida. 
 
 
Aproveite para se sujar também!
 
A dica do pediatra é que os pais relaxem e permitam que o pequeno explore os ambientes, como mexer na grama, brincar na terra e colocar determinados objetos na boca que não ofereçam risco de engasgamento. O médico garante que esses hábitos trarão fortalecimento à imunidade. 

“Expostos a essas situações eles podem criar anticorpos e construir um sistema de defesa natural do corpo, o que se torna impossível se a criança estiver sempre em ambientes assépticos”, orienta. 
 
Para os pais que se incomodam com a sujeira um banho é o suficiente para remover todas as impurezas, porém o médico faz uma ressalva: “O excesso de banhos também é contraindicado. No verão, claro que a criança vai entrar mais vezes no chuveiro, até para se refrescar. Mas basta um banho com sabonete - os outros podem ser apenas com água”, indica. 
 
Qual tipo de sujeira pode ser prejudicial?
 
Os únicos cuidados recomendados pelo pediatra é em relação a qualidade da terra ou areia em parques. Muitos ambientes abertos recebem visitas de animais e podem possuir fezes e urinas. Todavia, esse estímulo de brincar com a terra, areia e gramas são situações que propiciam ricos momentos para o desenvolvimento da criança. “Se suje junto com seus filhos, além de ser uma boa maneira de aumentar a imunidade, é uma boa troca de carinho e experiência com as crianças”, sugere o especialista. O brincar é um momento valioso para a criança, além de incentivar experiências sensoriais tão importantes para a idade. 

“Também é necessário oferecer brinquedos com diferentes texturas, como bolas de borracha, plástico ou isopor. Isso permite que a criança conheça diversos materiais. Atividades como a pintura ou escultura estimulam a criatividade e a percepção da criança com diferentes cores e misturas”, acrescenta. 


Estar exposto aos micróbios ajuda a proteger a criança contra doenças do coração

 
Um estudo realizado na Universidade de Northwestern, nos Estados Unidos, apontou que a exposição aos germes antes dos 2 anos de idade contribuiu na redução de inflamações crônicas ao decorrer da vida adulta. A pesquisa desvendou que quanto maior era o contato com os patogênicos antes dos 2 anos, menor era o número de proteínas C reativa, relacionada às inflamações crônicas. 
 
 “O contato com novos objetos e superfícies é importante, pois os pequenos criam os anticorpos necessários para que este sistema de defesa natural do corpo se desenvolva adequadamente. E isso é impossível se a criança é mantida o tempo todo em um ambiente asséptico”, alerta o médico.
 
O estímulo para as brincadeiras ao ar livre desde cedo é o ínicio para um estilo de vida mais saudável. Hoje, cada vez mais cedo, os pequenos são expostos aos aparelhos eletrônicos e as simples brincadeiras na praça vizinha, assim como as atividades que estimulam o esforço físico são ao passar dos anos descartadas. “A inatividade e a falta de exercícios levam aos problemas graves desde a infância até idade adulta, como diabetes, alto colesterol, obesidade e outros. É necessário incentivar  a prática de atividade física desde cedo”, orienta o pediatra. Confira: A necessidade das velhas brincadeiras na infância.
 
 
 
Participaçao do pediatra e neonatologista, Dr. Jorge Huberman
Atua no Hospital Albert Einstein  e no Instituto Saúde Plena
 
Referências: 
 
http://hypescience.com/25922-bebes-expostos-a-sujeira-tem-coracoes-mais-saudaveis/
 
http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,MUL99627-5603,00-EXCESSO+DE+HIGIENE+PODE+AUMENTAR+ALERGIAS.html



comentários